Juventude do PMDB pede expulsão de Kátia Abreu e Requião

A juventude do PMDB já protocolou 3 pedidos para expulsar os senadores Roberto Requião (PR) e Kátia Abreu (TO). Os congressistas são acusados de violar os preceitos éticos e disciplinares da legenda.

Um dos motivos seria a briga entre os senadores Roberto Requião e Romero Jucá, ambos PMDBistas, diga-se de passagem, pelo histórico dos dois, parece briga de vira-latas, demonstrando o nível dos nossos eleitos.

Os dois senadores trocaram ofensas e acusações nas redes sociais. Roberto Requião (PR) acusou o presidente do partido, Romero Jucá (RR), de estar articulando sua expulsão da sigla. Jucá rebateu: “Não estava procurando ninguém para entrar com ação no PMDB, mas agora levarei essa história para a reunião da Executiva“.

Já Kátia Abreu, por ser sempre muito alinhada ao PT.

A Secretaria Nacional da Juventude do PMDB, presidida por Assis Filho encaminhou pedido de expulsão e, no documento, ele sustenta que os dois senadores desrespeitaram o estatuto da sigla ao adotar “posições sempre contrárias às diretrizes partidárias”.

Enquanto Katia Abreu estuda possibilidade de entrar no PDT, Roberto Requião não pensa em sair do partido e acabou, inclusive, vencendo eleições para o diretório de Curitiba onde apoiou a chapa liderada pelo membro da Fundação Ulysses Guimarães, Rafael Xavier. Xavier obteve 290 votos, e chapa encabeçada por Hudson Calefe, ficou com 196 votos.